A ministra da Justiça disse esta terça-feira no parlamento que vai começar “a breve trecho” a vacinação contra a Covid-19 dos oficiais de justiça e dos trabalhadores dos registos.

Pensamos a breve trecho iniciar a vacinação do núcleo de trabalhadores que asseguram os serviços essenciais e a continuidade dos serviços e de outros subsistemas, nomeadamente oficiais de justiça e os trabalhadores de registos”, afirmou Francisca Van Dunem, sem adiantar datas, na intervenção inicial na audição regimental na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

A ministra enumerou ainda quem já está a receber a primeira dose da vacina, destacando os guardas prisionais, o pessoal civil do sistema prisional, os trabalhadores prioritários do instituto de medicina legal, além do pessoal médico e de enfermagem.

O plano de vacinação para a área da justiça inclui ainda, nesta fase, os inimputáveis internados em unidades da área da justiça e os elementos da Polícia Judiciária.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Aprendemos com as experiências anteriores e improvisamos menos e tivemos menos incertezas”, afirmou a ministra.

Na fase inicial, Francisca Van Dunem elencou também, mais uma vez, as prioridades da presidência portuguesa da União Europeia.