Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

“Cai neve em Nova Iorque” é o que diz a canção, mas à luz dos acontecimentos talvez fosse melhor mudar a letra para “cai neve em Munique” — ou mais concretamente no Allianz Arena. O estádio do Bayern de Munique pintou-se esta segunda-feira de branco para os atuais campeões da Bundesliga empatarem (com duas reviravoltas à mistura) com o atual 16.º classificado da liga alemã, o Arminia.

Parece foi que a neve não trouxe sorte ao Bayern de Munique, que acabou por empatar com o Arminia por 3×3. Ainda assim, a equipa de Hans-Dieter Flick conseguiu dar a volta ao resultado duas vezes.

A neve não parou no decorrer da partida e os visitantes puseram-se em vantagem logo aos 9 minutos com um golo de Michel Vlap. O momento em que o jogador se atirou para o chão para celebrar, foi um dos poucos vislumbres do verde do relvado. O Arminia alargou a vantagem aos 37 minutos por Amos Pieper.

Na segunda parte, o Bayern conseguiu reduzir a desvantagem para os 2×1 por Lewandowski aos 48 minutos, mas um minuto depois caiu um balde de água fria (ainda mais que a neve) em cima da equipa — é que o Arminia alargou a vantagem para 3×1. Foi o austríaco Christian Gebauer o autor do terceiro golo do visitantes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mas o Bayern não dava sinais de querer desistir e aos 57 minutos voltou a tornar o jogo animado com um golo de Corentin Tolisso. E voltou a animá-lo ainda mais aos 69 minutos com um golo de Alphonso Davies, estabelecendo o 3×3, que acabou por ser o resultado final.

À frente da liga alemã, com 49 pontos, a equipa treinada por Hans-Dieter Flick já ganhava há cinco jornadas consecutivas, mas acabou por empatar frente à equipa da cidade de Bielefeld, que está em 16.º e em risco de descer de divisão.

Na altura em que o jogo começou, registava-se 1 ºC em Munique. A temperatura pode chegar, esta segunda-feira, aos – 8 ºC na cidade localizada no sul do país.