Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Há uma peça de acabamento colada ao tejadilho dos Tesla Model X que pode apresentar deficiências na qualidade do adesivo que a mantém no local e soltar-se. Este é o motivo que leva a KBA, a autoridade germânica responsável pelo transporte rodoviário, a forçar a Tesla a chamar à oficina 195 unidades do Model X a circular na Alemanha e um total de 12.300 unidades globalmente.

Segundo a informação avançada pelos alemães, as unidades suspeitas da marca norte-americana foram produzidas entre 2015 e 2016. Pela descrição das autoridades, o problema com a fita adesiva parece similar ao que motivou um recall nos EUA envolvendo 9500 veículos, cuja cola não estava à altura, o que podia levar a que a peça se soltasse em andamento.

Este recall da Tesla sucede a um outro, envolvendo os sistemas de infoentretenimento mais antigos, equipados com os processadores Nvidia Tegra 3, em cerca de 135.000 veículos. Aqui foram as autoridades norte-americanas a descobrir que a memória flash que equipava os veículos, quando chegava ao fim de vida, impedia o ecrã de funcionar correctamente. As visitas à oficina deverão começar em fim de Março, segundo a autoridade local, a NHTSA.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR