455kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Este é o novo Ioniq 5. É enorme entre eixos

Este artigo tem mais de 1 ano

A Hyundai apresentou o seu novo Ioniq 5. É atraente, maior do que parece, possui “frunk”, versão 4x2 ou 4x4 e uma distância entre eixos enorme para privilegiar a habitabilidade. Chega no final do ano.

13 fotos

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O novo Ioniq 5 é tudo o que se podia antecipar a partir do protótipo 45 Concept apresentado no Salão de Frankfurt de 2019. Possui linhas modernas e angulosas, que rompem por completo com que o estilo da Hyundai, isto apesar de o construtor pretender posicionar o novo modelo como um herdeiro do Pony de 1975, exigindo alguma imaginação.

Com uma frente que faz lembrar o também novo Opel Mokka, o Ioniq tem proporções equilibradas e é um modelo atraente, com um ar sofisticado, para o que contribuem os fechos de porta retrácteis e a forma dos faróis dianteiros e dos farolins posteriores. Os pilares finos e uma traseira tipo hatchback, similar à do VW ID.3, fazem o Ioniq 5 parecer mais compacto do que verdadeiramente é.

3 fotos

De fita métrica em punho, verifica-se que o primeiro modelo da nova submarca de eléctricos da Hyundai possui um comprimento de 4,635 metros, o que o torna maior do que o Tucson (4,5 m) e o aproxima até dos 4,694 m do Model 3 da Tesla, apesar da traseira mais curta do modelo sul-coreano. Outra curiosidade é a altura do novo Hyundai, com os seus 1,605 m a bater as berlinas da marca como o i30 (1,455 m) e i40 (1,470 m), além do SUV Kauai (1,565 m), aproximando-se bastante do volumoso Tucson (1,650 m).

Mas um dos maiores trunfos do Ioniq 5 é a sua imensa distância entre eixos, o que prova que esta nova plataforma da Hyundai, a E-GMP, concebida exclusivamente para veículos eléctricos, vai ser utilizada para modelos de bitola superior. Com 3 metros entre as rodas anteriores e as posteriores, o que lhe permite acolher packs de baterias com qualquer capacidade, o novo modelo bate todos, até o Model 3 (2,875 m) e o Model S, que se fica pelos 2,96 m, apesar de ter um comprimento total de quase 5 metros (4,97 m). Isto deixa antever uma habitabilidade acima da média e uma capacidade para bagagens generosa, com 531 litros atrás (o que num hatchback é obra) e 57 litros na frunk (a mala na frente), volume que cai para 24 nas versões 4×4, com o 2º motor instalado à frente.

Apesar de possuir uma enorme distância entre eixos, o Ioniq 5 recorre a dois packs de baterias relativamente pequenos. O menor tem uma capacidade de 58 kWh, com o maior a atingir 72,6 kWh, alinhando assim pelos dois maiores que a VW oferece nos ID.3 e ID.4, e que a Tesla disponibiliza no Model 3. Em condições normais, ou seja, nas versões mais acessíveis, o Ioniq 5 vai usufruir de apenas um motor (montado atrás) com 170 cv e 350 Nm, capaz de chegar aos 100 km/h em 8,5 segundos. A versão 4×4, denominada AWD, reduz a potência do motor traseiro para 163 cv, instalando uma segunda unidade à frente com 95 cv e 255 Nm. Esta versão, que usufrui de uma potência total de 235 cv e 605 Nm, é capaz de ir de 0-100 km/h em 6,1 segundos, sendo que a velocidade máxima está sempre limitada a 185 km/h.

9 fotos

Com a bateria maior (72,6 kWh), o Ioniq 5 monta atrás um motor com 218 cv e 350 Nm, que garante 0-100 km/h em 7,4 segundos, enquanto o AWD recorre a 211 cv atrás e 95 cv à frente, para atingir um total de 305 cv, o que baixa os 0-100 para 5,2 segundos.

Como sócia da Rimac que é, tal como a Porsche, a Hyundai usufrui das mesmas regalias, pelo que também ela oferece um sistema eléctrico a 800 volts, o que lhe permite recarregar as bateria com potências de até 350 kW, o que a marca alemã ainda não atinge. Isto faz com que o Ioniq 5 possa percorrer mais 100 km depois de estar apenas 5 minutos ligado a um carregador rápido (DC) a 350 kW, apesar de as versões mais acessíveis usufruírem de sistemas apenas a 400V.

O novo Ioniq 5 surgirá no mercado até ao final de 2021, pelo que ainda não são conhecidos preços a praticar para as diferentes versões. Sabe-se, isso sim, que 2022 será o ano em que o Ioniq 6 aparecerá no mercado, para o Ioniq 7 se juntar à gama da nova submarca de eléctricos da Hyundai em 2024.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.