Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Em Portugal continental, 248.708 pessoas já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19, o que corresponde a 3% da população portuguesa. O boletim semanal da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a vacinação no país indica ainda que a faixa etária dos 80 ou mais anos foi o que mais viu a primeira vacinação acelerar na última semana: a percentagem de idosos com a primeira inoculação subiu de 12% para 19%.

Ainda assim, a meta estabelecida no sábado, dia 13, por António Costa não foi cumprida. O primeiro-ministro tinha afirmado que, na semana que então se iniciaria (e a que o relatório reporta), haveria um reforço de 100.000 vacinas para idosos com mais de 80 anos e pessoas com mais de 50 anos e doenças associadas. “Iniciámos a campanha de vacinação das pessoas com mais de 80 anos e das pessoas com mais de 50 anos e algumas doenças associadas. Esse será seguramente o grupo que, para a próxima semana, vai ter um reforço já mais importante. Creio que cem mil vacinas serão destinadas na próxima semana a este grupo de maior risco”, afirmou, na altura.

Só que o relatório divulgado esta terça-feira revela que, na última semana, foram vacinadas mais 96.701 pessoas, contabilizando todas as faixas etárias. No total, até domingo, dia 21, foram vacinadas com pelo menos uma dose 433.475 pessoas (4% do total).

Foi no grupo etário dos 80 ou mais anos que o avanço na toma da primeira dose foi mais significativo. A percentagem de pessoas com apenas uma dose subiu de 12% para 19%: até domingo, 126.259 pessoas neste grupo tinham recebido uma dose da vacina, mais 46.485 do que na semana anterior. Se olharmos para a toma das duas doses, o avanço não é tão significativo: 8% da população  com 80 ou mais anos tem a vacinação completa, mais 9.479 pessoas do que na semana anterior (no último relatório, 7% da população neste grupo etário tinha a vacinação completa).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No caso da população entre os 65 e os 79 anos, o número de primeiras inoculações não foi suficiente para que se alterasse a percentagem, em valores aproximados, da população vacinada. Neste grupo, receberam a primeira dose 36.921 pessoas, mantendo-se a percentagem de cerca de 2% da população nesta faixa etária que já teve a primeira inoculação. Já 24.108 pessoas completaram a vacinação — neste caso, a percentagem subiu de 1% para 2%.

Alentejo é a região com maior percentagem de pessoas vacinadas com a primeira dose (7%)

O Alentejo voltou a ser a região onde a percentagem de população vacinada com a primeira dose é mais elevada (7%). Já 4% dos residentes têm a vacinação completa. Ao todo, foram administradas 51.347 doses.

Mas é em Lisboa e Vale do Tejo que o número de vacinas administradas é maior (221.815). Receberam a primeira inoculação 4% da população.

Em articulação com a taskforce da vacinação e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), a DGS passou a disponibilizar indicadores que permitem perceber a evolução do número de vacinados com a primeira dose ou a vacinação completa, nomeadamente por grupo etário. Será publicado todas as terças-feiras no microsite dedicado à Covid-19.