Os dois cães de Lady Gaga foram entregues às autoridades na sexta-feira e já estão com os representantes da cantora. Koji e Gustav, dois dos três bulldogs franceses que estavam desaparecidos desde quarta-feira, foram devolvidos horas depois de Gaga ter feito um apelo emotivo nas redes sociais. A cantora chegou a  oferecer uma recompensa de 500 mil dólares (cerca de 400 mil euros) para os reaver.

Os animais de estimação desapareceram depois de o amigo que os passeava ter sido baleado. Ryan Fischer foi atacado quando passeava os três bulldogs franceses em West Hollywood na noite de quarta-feira. Dois dos três cães foram roubados, sendo que Miss Asia conseguiu fugir e foi mais tarde encontrada.

Uma mulher não identificada pelas autoridades entregou os dois cães numa esquadra da polícia. Os dois homens suspeitos de roubarem os cães, num ataque violento, continuam a monte, esclarece a Reuters. Não é claro se a mulher que os devolveu reclamou ou não a recompensa milionária.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Departamento da Polícia de Los Angeles confirmou que Fischer foi baleado pelas 21h40 (hora local). O cuidador dos animais de estimação de Gaga deverá recuperar totalmente e já foi considerado um “herói” pela artista.

© ladygaga/Instagram

O TMZ esclarece ainda que as autoridades não conseguem garantir que os cães da cantora tenham sido os alvos do ataque, ou seja, é possível que os autores do roubo não soubessem que os bulldogs franceses eram os animais de estimação de Lady Gaga, uma vez que esta raça é dispendiosa e muito solicitada.

© ladygaga/Instagram

A artista de 34 anos terá ficado muito incomodada com o sucedido, tanto que oferecereu uma avultada quantia para voltar a ver os seus cães. Gaga está atualmente em Roma, Itália, a trabalhar num novo filme.

Artigo atualizado às 11h no dia 1 de março