Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Os Prémios Auto Observador 2021 atingem a fasquia dos 50.000€. Até 7 de março, os nossos leitores e ouvintes são desafiados a escolher que proposta consideram ser a melhor, entre um total de 10 novidades introduzidas no mercado português em 2020, cujo preço de entrada de gama se enquadra num intervalo de valores compreendido entre os 37.000€ e os 50.000€.

O seu voto pode valer um prémio e permitirá definir qual a preferência dos consumidores portugueses, quando confrontados com a possibilidade de, dentro do referido orçamento, adquirirem um pequeno desportivo, um SUV, uma carrinha, um eléctrico, um coupé ou um hatchback.

Nesta gama de preços, 2020 trouxe muitas novidades, sobretudo em termos de veículos eléctricos e de SUV. Neste último segmento enquadram-se o Mercedes GLA e GLB, mas também dois modelos eléctricos, nomeadamente o Citroën ë-C4 e Kia e-Niro, ambos a apostar num estilo mais crossover. Exclusivamente a bateria, apresenta-se ainda um dos lançamentos mais badalados da Volkswagen, o ID.3, o primeiro modelo da nova vaga de eléctricos do construtor alemão assente numa plataforma especificamente projectada para alojar acumuladores e ser modular. A Cupra, que se encontra a comemorar o seu 3.º aniversário, acrescenta o feeling desportivo à escolha, ao fazer-se representar pelo Leon nas duas carroçarias com que é proposto (hatchback e carrinha). Por seu turno, a Opel marca presença com a profundamente renovada carrinha Insignia Sports Tourer, enquanto a Toyota concorre com o seu mais aguerrido pequeno desportivo, o GR Yaris, e a BMW propõe o Série 4 Coupé.

Cabe-lhe a si contribuir com o seu voto para a eleição daquele que considera ser o melhor modelo nesta categoria. No processo, habilita-se a ganhar um automóvel novo, no valor de 18.450€.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A votação divide-se em duas fases. Na primeira, cada votante pode dizer de sua justiça, mas apenas uma vez por categoria, com um voto semanal. Na segunda etapa, 2000 participantes que serão selecionados aleatoriamente passam para a votação final, altura em que são desafiados a acertar no carro vencedor de cada categoria, de entre os dois modelos mais votados. Quem mais acertar ganha um Toyota Yaris 1.5 Hybrid Dynamic Force Comfort ou outro Toyota de valor equivalente. Recorde-se que a rapidez no voto também pode ser determinante, na medida em que o tempo constitui um critério de desempate, se for caso disso (consulte o regulamento).

Nesta edição dos Prémios Auto Observador há 27 marcas a competir e um total de 70 modelos a concurso, seleccionados por se tratarem de novidades absolutas ou profundos restylings introduzidos no mercado em 2020.

Na primeira categoria sujeita a escrutínio, reservada a modelos de até 23.000€, a votação consagrou como finalistas o Peugeot 2008 e o Toyota Yaris, enquanto a segunda categoria, de 23.000€ a 30.000€, apurou o Audi A3 Sportback e o Citroën C4. Na terceira categoria, de 30.000€ a 37.000€, passaram no crivo dos portugueses o BMW Série 2 Gran Coupé e o Cupra Formentor. Já faltou mais para conhecermos os vencedores! Continue a participar e a acompanhar esta iniciativa do Observador aqui.

Pisca Pisca.pt, CredibomVerizon Connect e Kinto apoiam os Prémios Auto Observador 2021, iniciativa cujo prémio atribuído ao leitor vencedor conta com o patrocínio da Toyota.