O funcionário administrativo e empresário Francisco Miranda é o candidato do PSD à Câmara de Alter do Chão, no distrito de Portalegre, liderada pelo PS, nas próximas eleições autárquicas, confirmou esta terça-feira o próprio à agência Lusa.

O candidato, de 62 anos, é funcionário administrativo no município e desempenhou funções de adjunto e chefe de gabinete dos antigos presidentes da câmara de Alter do Chão António Hemetério Cruz (PSD), entre 1994 e 2009, e Joviano Vitorino (PSD) de 2009 a 2017.

“Candidato-me por muitas razões, mas, em primeiro, acho que Alter do Chão merece muito mais do que tem atualmente, pois, não vejo na atual câmara nenhuma sensibilidade para as questões sociais” e “das dificuldades das famílias”, argumentou.

Francisco Miranda, que possui uma empresa no ramo da panificação e também já exerceu funções de provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alter do Chão, entre 2004 e 2017, considerou que, perante a pandemia da Covid-19, “está na altura” de a autarquia “olhar” para as questões sociais, instituições particulares de solidariedade social e para as pequenas e médias empresas do concelho.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Eu vejo sinais atrás de sinais, jardinzinhos e mais jardinzinhos, carrinhas e retroescavadoras. Tudo isso faz falta, é certo, mas chega a uma altura em que temos de olhar para aqueles que mais precisam”, afirmou.

O Município de Alter do Chão é liderado, desde 2017, pelo socialista Francisco Reis, que está a cumprir o primeiro mandato. O executivo municipal é composto por três eleitos do PS e dois eleitos da coligação PSD/CDS-PP. Segundo a lei, as eleições autárquicas decorrem entre setembro e outubro.