A Câmara Municipal de Mira decidiu manter o encerramento dos espaços públicos, salientando que não se trata de “uma medida definitiva”.

No seguimento das medidas do Governo anunciadas dia 13 de março, o município de Mira reuniu com Comissão Municipal da Proteção Civil, tendo concluído que ainda não é o momento de “baixar a guarda” e de levantar a totalidade das interdições e limitações, afirma a autarquia, num comunicado hoje divulgado.

A Câmara Municipal de Mira decidiu manter o “encerramento dos passadiços de norte e sul na Praia de Mira à circulação pedonal, bem como o acesso pedonal à marginal”, medida justificada por serem locais “que têm muita procura”, principalmente ao fim de semana.

A frente marítima vai estar também encerrada devido à “circulação pedonal”, bem como “parques de merendas, parques infantis e de fitness, para evitar aglomeração de pessoas e conter a propagação do Coronavírus”, justifica o município em nota de impressa.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os complexos desportivos, bem como museus e o Posto de Turismo estão encerrados, reabrindo apenas a Biblioteca Municipal de Mira no dia 22 de março. De acordo com os dados revelados pela autarquia, no dia 12 de março, o concelho da Mira, no distrito de Coimbra, regista, 533 casos de Coronavírus, mantendo-se 11 casos ativos. No mesmo período, 509 pessoas recuperaram da doença e registaram-se 13 óbitos.

A pandemia de Covid-19 provocou em Portugal, 16.707 mortos dos 814.897 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.