Este ano, a Volkswagen demonstrou que nem todas as mentiras do 1 de Abril correm bem, mas tirando este caso raro de erro no timing, a verdade é que as redes sociais – na maioria dos casos, foi este o veículo escolhido – foram inundadas de histórias, casos e soluções que, mesmo sendo mentira, cumprem o seu papel de colocar um sorriso na face de muitos. Ou, pelo menos, tentar.

A BMW abriu as hostilidades com uma piada que toca num dos maiores defeitos dos condutores: uma certa tendência para não usar os indicadores de mudança de direcção, também conhecidos como piscas. A marca alemã aconselha os condutores a utilizarem-nos enquanto podem, pois anuncia, na sua brincadeira do dia das mentiras, que vai retirar os piscas dos seus carros a partir de 2022, para poupar peso e utilizar menos materiais, o que coloca menos pressão sobre o ambiente.

A Bentley, pelo seu lado, afirma que vai passar a propor o que denomina Rotating Display, um dispositivo integrado no tablier que integra, entre outras coisas, uma máquina de café expresso.

A opção seria bem-vinda pela maioria dos clientes e faz todo o sentido, sobretudo vinda da marca que já oferece nos seus modelos sistemas de minibar no banco traseiro que oferecem flûtes e champagne, ou whisky e os respectivos copos, consoante a preferência de quem vai sentado lá atrás.

Make it, shape it, have it at your will. Introducing the new Bentley Rotating Display with integrated coffee machine….

Posted by Bentley Motors on Thursday, April 1, 2021

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A pensar nos apaixonados pelas redes sociais e pelas Insta Stories, a Alfa Romeo anunciou um novo tipo de protecção dos vidros dos seus modelos, que não se limitam a escurecer, mas sim a tornar mais bela e colorida a paisagem exterior. Isto para quem não acesso ao Photoshop.

A Porsche, que já disponibiliza a possibilidade de pintar os seus modelos nas cores preferidas dos clientes, sejam elas para fazer conjunto com o portão da garagem ou a gravata favorita do condutor, avançou com a Patina Paint.

Mais do que uma nova cor, é uma pintura que faz parecer usado e vítima de corrosão o mais novo dos modelos. Se lhe parece uma opção estranha, é porque certamente será, o que não implica que não possam existir clientes em busca desta solução.

Curiosa é a solução avançada pela Caterham, cujos modelos são reconhecidamente desportivos por serem muito leves, com centro de gravidade baixo e divertidos de conduzir. Mas têm igualmente um difícil acesso, quando o objectivo é entrar ou sair do cockpit, daí que o que construtor britânico tenha proposto, no 1 de Abril, uma embalagem de vaselina com a finalidade de escorregar melhor para a posição atrás do volante de um Super Seven.

A Mercedes avança com um vídeo rebuscado, com muitos livros, em que a mensagem final é o lançamento de um novo aroma, que a marca alemã denomina First Edition Novel. A Mercedes já comercializa perfumes, mas este promete o cheiro de uma enciclopédia liquidificada, o que certamente apaixonará os que fãs da marca que, devido ao confinamento, se têm visto afastados das bibliotecas.

New First Edition Novel Mercedes-Benz Fragrance

The opulence of literature encompassed. An encyclopedia, liquified. It can all be found in the essence of First Edition Novel, a new fragrance with Mercedes-Benz.

Posted by Mercedes-Benz USA on Thursday, April 1, 2021

Uma das mentiras mais criativas chegou-nos da Dacia, que no vídeo Dustar coloca o seu SUV mais vendido, o Duster, em órbita, numa referência óbvia ao Roadster que a Tesla lançou rumo a Marte, a bordo de um foguetão da SpaceX. Depois de muitas imagens de uma miniatura a sobrevoar o planeta, vem a conclusão: “Sem brincadeiras, conseguimos fazer grandes coisas com muito pouco.” O construtor romeno remata com “não é ciência espacial”, numa clara alusão ao Dacia Spring, o eléctrico que está a ser comercializado por cerca de 16 mil euros, antes de ajudas ou incentivos.