O ministro da Administração Interna e o seu homólogo dos Estados Unidos, Alejandro Mayorkas, analisaram esta terça-feira por videoconferência questões como migrações, terrorismo e isenção de vistos, anunciou o gabinete de Eduardo Cabrita.

De acordo com um comunicado do Ministério da Administração Interna, os dois responsáveis “manifestaram a vontade” de se encontrarem pessoalmente em junho em Portugal, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia.

Os dois governantes, refere o comunicado, realçaram também a importância de reforçar a cooperação e a troca de informações entre as forças de segurança dos dois países. No encontro foram debatidas as respostas à pandemia de Covid-19 e a questão da segurança associada ao registo dos nomes dos passageiros que viajam de e para os Estados Unidos.

Segundo o comunicado, o secretário da Segurança Interna norte-americano disse que a partilha de informações sobre fluxos migratórios — matéria em que assumiu a nova visão da Administração Biden ao reconhecer que os EUA são um país de migrantes — é fundamental para a tomada de melhores decisões.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O comunicado refere que a relação entre as instituições do Ministério da Administração Interna e as suas congéneres dos Estados Unidos assentam em dois instrumentos diplomáticos (Comité Bilateral de Justiça e Assuntos Internos e Comissão Bilateral Permanente), dos quais resultam documentos jurídicos bilaterais como o acordo sobre Busca e Salvamento Marítimo e Aéreo ou o acordo para reforçar a cooperação na prevenção do combate ao crime.

Resulta ainda dos mesmos instrumentos o acordo sobre vistos e o protocolo sobre o Processo de Deportação de Cidadãos Portugueses dos EUA e de Cidadãos Norte-Americanos em Portugal.