Depois de Monet e Klimt, chegou a vez dos pintores Miguel Ângelo e Leonardo Da Vinci chegarem às catacumbas do edifício da Alfândega do Porto numa exposição imersiva e multissensorial, que junta a arte à mais avançada tecnologia a partir desta sexta-feira.

“O Renascimento foi um período pródigo em matéria de criatividade artística, nas suas múltiplas manifestações. O conceito para a presente exposição bebeu dessa fonte de inspiração. Evocar Da Vinci e Miguel Ângelo sob a forma de uma exposição imersiva é, no nosso entender, mais um contributo para o conhecimento ainda mais generalizado da obra destes autores”, afirma Nuno Maya, diretor criativo do atelier O Cubo, responsável pela Immersivus Gallery.

Alfândega do Porto recebe exposição imersiva dedicada aos pintores Monet e Klimt

No caso de Miguel Ângelo, a viagem começa desde os primórdios da atividade criativa, passando pelas influências que o marcaram nas diversas vertentes artísticas: pintura, escultura e arquitetura. “Nesta paleta digital são exibidas várias das suas obras icónicas, como a mão do fresco de A Criação de Adão (1511) ou as esculturas de David (1501), de Baco (1596) e de Pietà (1498). Constam, também, referências ao conjunto de pinturas que figuram no Teto da Capela Sistina (1508-1512), onde é possível observar O Dilúvio e O Julgamento Final.”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Luz, cor e tecnologia são os ingredientes para este espetáculo/exposição

A experiência continua com a mente inquieta e visionária de Leonardo Da Vinci, demonstrada num espetáculo visual com recurso aos seus escritos, pesquisas, invenções e estudos — onde se incluem o Codex Leicester e o Codex Atlanticus — até às suas principais obras, com destaque para Homem Vitruviano (1490), A Última Ceia (1495-98) e a mais do que representativa Mona Lisa (1503-06). Não faltam, também, referências a algumas pinturas de cunho cristão, como A anunciação, Salvator Mundi ou São João Batista, assim como à Batalha de Anghiari, uma das obras mais enigmáticas de Da Vinci.

A exposição “Il Divino Michelangelo & Il Genio Da Vinci” inaugura na Alfândega do Porto a 16 de abril e poderá ser vista até 11 de julho.

Os preços dos bilhetes variam entre os 5€ e os 10,50€.