Quatro crianças ficaram feridas, uma delas com gravidade, depois de um poste de madeira ter caído sobre os menores no recreio de uma escola na freguesia de Mansores, no concelho de Arouca.

Ao Observador, o comandante dos bombeiros de Arouca, José Gonçalves, confirmou a existência de quatro crianças feridas: três em estado ligeiro, que foram enviadas para o hospital de Santa Maria da Feira, e uma em estado grave, que seguiu para o hospital de São João, no Porto.

Já o comandante-adjunto, Sérgio Azevedo, que esteve no local, confirmou que se tratou da queda de um poste de madeira com cerca de seis metros de altura. O poste caiu enquanto as crianças brincavam no recreio da escola, atingindo aqueles quatro menores.

O presidente da Junta de Freguesia de Mansores, José Oliveira, detalhou ao Jornal de Notícias que o poste de madeira segurava uma rede no exterior da EB1 Serra da Vila, naquela freguesia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Sem nada que o fizesse prever o poste caiu e atingiu as crianças. Foi completamente inesperado, porque não apresentava perigo e estava apenas a segurar uma rede”, disse o autarca ao Jornal de Notícias.

De acordo com José Oliveira, a criança que ficou ferida com gravidade e uma das feridas ligeiras frequentam o primeiro ciclo do ensino básico. As outras duas, que também sofreram ferimentos ligeiros, frequentam o jardim-de-infância. As quatro crianças têm idades entre os cinco e os nove anos.