Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O histórico era favorável, a prática nem por isso: Catarina Costa foi eliminada na segunda ronda da categoria de -48kg e falhou a luta pelas medalhas no Europeu de judo tal como Maria Siderot.

Isenta da primeira ronda, a judoca portuguesa, atual oitava classificada do ranking, encontrou pela frente a russa Sabina Giliazova (18.ª), que ganhara antes à belga Ellen Salens, e perdeu por ippon, não conseguindo dar continuidade às três vitórias que tinha em provas internacionais contra esta adversária entre 2018 e 2021, incluindo o recente Grand Slam de Telavive, onde venceu no primeiro combate das repescagens.

Também em -48kg, Maria Siderot, 28.ª do ranking, não conseguiu contrariar o favoritismo teórico da eslovena Marusa Stangar (11.ª) mas fez um bom combate, caindo apenas no golden point pela terceira penalização depois de mais de seis minutos. Mais tarde, Stangar ficaria relegada para a zona de repescagens.

Em atualização

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR