Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Tudo começa com um bloco sólido de madeira, um paralelepípedo que, após longas horas de atenção por parte de um verdadeiro artífice, se transforma numa réplica perfeita e à escala, da mais recente geração do Defender 110.

O vídeo é exemplificativo dos diferentes estágios por que passa a madeira até ser transformada no mais recente jipe da Land Rover, impressionando na atenção dada aos mais ínfimos pormenores. O que é importante pois o modelo, além de se parecer com um Defender, é completamente funcional, com jantes encaixadas nos pneus, aos quais nem sequer falta o desenho do piso.

As cinco portas do 110 abrem e fecham, os assentos, individualizados e esculpidos em madeira como tudo o resto, reproduzem os originais e até o tablier exibe formas que recordam o que equipa o jipe fabricado em série. O capot do motor, onde é possível encontrar os reforços em alumínio para poder ser pisado, abre para revelar o motor e os diferentes tubos e cabos.

Igualmente impressionante é o pormenor como que foram construídas as suspensões, com molas helicoidais e evidentemente pertencentes ao novo Defender, uma vez que são independentes nas quatro rodas e não com dois eixos rígidos, como acontecia até aqui. Também a direcção não foi esquecida, uma vez que as rodas anteriores do 110 são direccionais, apenas não controladas a partir do volante. Comparando o bloco de madeira inicial com o Defender 110 terminado, é impossível não ficar admirado com os artesãos do Woodworking Art.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR