A SpaceX de Elon Musk lançou para a atmosfera, esta quarta-feira, um protótipo de foguetão, a Starship SN15, que aterrou com sucesso no Texas, nos EUA. Foram precisas cinco tentativas, já que as últimas quatro acabaram na explosão do foguetão durante ou imediatamente após a aterragem.

O protótipo voou durante seis minutos e percorreu cerca de 10 quilómetros, o necessário para completar o teste, e foi o primeiro a não ser destruído, muito embora um pequeno incêndio tenha eclodido na base do foguetão após a aterragem deste, o qual foi extinto em poucos minutos. Após o teste, Elon Musk publicou um tweet onde refere que a aterragem foi um sucesso.

A Starship SN15 é um protótipo da nave que a SpaceX de Elon Musk quer usar para levar pessoas em missões à lua e a Marte. O voo da SN15 foi semelhante aos que a empresa do magnata realizou nos últimos seis meses, com os testes dos protótipos SN8, SN9, SN10 e SN11 — todos eles destruídos na sequência de explosões.

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em abril, a NASA escolheu a SpaceX para a próxima missão tripulada à lua. O contrato, no valor de quase 3 mil milhões dólares, veio reforçar a posição da empresa enquanto parceiro da agência europeia espacial norte-americana. A última missão tripulada à lua, a Apollo 17, aconteceu em dezembro de 1972, três anos após a chegada do homem à sua superfície.