Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um vídeo do TikTok pode ser a chave para um desaparecimento que está por resolver há quase duas décadas. Uma jovem de 22 anos, sentada numa praça em Culican, a capital do estado mexicano de Sinaloa, é entrevistada por uma personalidade do TikTok. Conta que tem 22 anos e não gosta de celebrar o seu aniversário. Porquê? Porque, explica, algumas pessoas dizem-lhe que foi sequestrada um dia antes do seu quinto aniversário. Agora, a polícia está a investigar se a mulher do vídeo pode ser Sofia Juarez, uma menina que desapareceu em Kennewick, uma cidade no estado norte-americano de Washington, a 4 de fevereiro de 2003 — dias antes do seu quinto aniversário.

@akayalla

¿Será de aká o será de allá? ????#culturageneral #preguntas #culiacan #sinaloa #viral

♬ sonido original - Aká y Allá

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.