Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

plataforma para registar o resultado dos autotestes ao SARS-CoV-2 (testes de diagnóstico feito pelo próprio) já está disponível, segundo comunicado da task force para a promoção do Plano de Operacionalização da Estratégia de Testagem para SARS-CoV-2 em Portugal, enviado às redações esta quinta-feira.

Todos os cidadãos que realizem um teste de diagnóstico sem a intervenção de um profissional de saúde devem registar o resultado, mesmo que seja negativo, aconselham as autoridades de saúde, de forma a se poder avaliar a proporção de testes positivos por testes realizados no país.

A notificação destes resultados é importante para monitorizar a atividade nacional de testagem”, lê-se no comunicado.

Já os utentes que tenham um teste positivo ou inconclusivo devem, depois de registar o resultado do teste, contactar a linha SNS24 e seguir as orientações dadas pelos profissionais de saúde.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“A nova plataforma permitirá, por exemplo, perceber se um utente com resultado positivo ligou para o SNS24 nas 12 horas seguintes ao reporte. Em caso de ausência de reporte, será enviada uma SMS a solicitar esse contacto”, lê-se no comunicado.

Onde comprar, como fazer, a quem notificar? As dúvidas, vantagens e desvantagens dos testes feitos em casa

O comunicado alerta ainda que os autotestes não se destinam a pessoas que tenham sintomas ou que tenham tido um contacto conhecido com uma pessoa infetada. Essas pessoas devem isolar-se e contactar diretamente a linha SNS24. Já os assintomáticos que tenham um resultado positivo ou inconclusivo no autoteste serão encaminhados para um teste de confirmação por PCR.