Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A PSP já deteve 18 pessoas no âmbito de uma operação policial de “grande envergadura” de combate ao tráfico de estupefacientes no Alto da Loba, em Oeiras. Esta terça-feira estão a ser realizadas 38 buscas domiciliárias e cumpridos mandados de detenção em três concelhos do distrito de Lisboa (Oeiras, Amadora e Sintra) e dois concelhos do distrito de Leiria, mas também buscas não-domiciliárias a viaturas e garagens.

O comissário da PSP revelou aos jornalistas, no local, que além das detenções feitas até agora “ainda existe estupefaciente que tem de ser analisado e pesado” e, caso os testes sejam positivos, “haverá mais detidos”. Além das detenções foi “apreendido bastante produto suspeito de ser haxixe, cocaína, armas de fogo e muito dinheiro”.

O epicentro da operação é no Alto da Loba, em Paço de Arcos, Oeiras, a investigação decorria há um ano e meio e envolve cerca de 400 operacionais no terreno.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP refere que operação conta com a Unidade Especial de Polícia, a investigação criminal, divisão de trânsito, com equipas de intervenção rápida, equipas de prevenção e reação imediata e com as esquadras territoriais da Divisão Policial de Oeiras.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR