Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Uma agente municipal da polícia francesa foi esfaqueada na manhã desta sexta-feira nas instalações da polícia municipal de La Chapelle-sur-Erdre, junto a Nantes. O suspeito que estava em fuga já foi entretanto detido, tendo havido uma troca de tiros com a polícia, na qual resultou em dois feridos ligeiros. A informação foi divulgada ministro do Interior, Gérald Darmanin, que está a caminho do local.

A polícia neutralizou o indivíduo suspeito da agressão contra a polícia municipal de La Chapelle-sur-Erdre. Obrigado a eles. Envio os meus pensamentos aos policiais feridos durante esta operação”, afirmou na sua conta pessoal do Twitter.

Após o ataque, o homem de aproximadamente 40 anos, que sofrerá de uma doença mental, fugiu a pé, após ter roubado uma arma do estabelecimento da polícia municipal. A seguir, entrou num carro, mas teve um acidente, enquanto a polícia francesa desencadeava uma operação de busca pelo suspeito, tendo sido mobilizado para o local mais de 200 polícias e ainda dois helicópteros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Quando foi localizado, o suspeito envolveu-se numa troca de tiros com a polícia, sendo que dois agentes ficaram feridos. A agente esfaqueada está com prognóstico reservado.

A polícia francesa aconselhou a que os habitantes de La Chapelle Sur Erdre seguissem as regras e fechou a estrada RD 39. Segundo a imprensa francesa, um hipermercado foi evacuado e os alunos ficaram retidos nas escolas.