Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Ainda há lugares para quem quiser assistir à final da Liga dos Campeões, no Estádio do Dragão, que opõe o Manchester City ao Chelsea, mas os bilhetes disponíveis podem chegar a custar 10 mil euros em vários sites de venda de tickets na Internet.

A UEFA e as autoridades portugueses autorizaram que estivessem presente 16.500 adeptos, sendo que foram atribuídos 3000 ingressos para os adeptos das duas equipas inglesas. Já outras 3000 entradas foram alocadas a convidados e a patrocinadores, enquanto 1700 foram colocados à venda ao público em geral, tendo esgotado em poucas horas, dá conta o JN, sendo que o seu preço ia dos 70 aos 600 euros. Ainda assim, para aqueles que deixaram para a última hora, ainda há algumas dezenas de bilhetes que sobraram — mas o seu preço não é para todos.

No site ticombo.com, o bilhete mais caro chega aos 9.999 euros, mas mesmo o ingresso mais barato custa 1200 euros. No portal Viagogo, o preço é menos elevado: 5.947 euros para o bilhete mais dispendioso, 833 euros para o mais barato. Na plataforma ticketsmarter, a entrada mais barata ronda os 1000 euros, enquanto a mais cara supera os 7.800 euros.

A UEFA apenas permitiu que cada pessoa comprasse dois bilhetes na aplicação criado para o efeito e, mesmo adquirindo através destes sites, é necessário a app para entrar no Estádio do Dragão. É também necessário apresentar um certificado de vacinação ou um teste antigénio/PCR negativo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR