Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A história

A pandemia obrigou Hélder Moura a regressar temporariamente a Portugal e a cumprir um sonho antigo: abrir um negócio de restauração. “Adoro viajar, sou um cliente chato e exigente, gostava muito de ter uma coisa à minha medida”, explica em entrevista ao Observador. Hélder é natural de Vila Real, estudou no Porto e vive há 12 anos no Brasil, onde trabalha numa consultora de estratégia americana. Há um ano juntou-se a quatro sócios para instalar no Porto um novo conceito de comida italiana. “Percebemos que alguns sítios infelizmente iriam fechar e vimos na cidade uma oportunidade para investir.”

O negócio é um franchising do Obicà Mozzarella Bar Pizza e Cucina, uma cadeia gastronómica italiana fundada por Silvio Ursini, que abriu o primeiro restaurante em maio de 2004, em Roma. Atualmente, a marca conta com duas dezenas de espaços espalhados por Itália, Reino Unido, Japão e Estados Unidos, chegando agora a território nacional.

As mozzarellas são as rainhas da carta e têm direito a um bar exclusivo com várias combinações e intensidades

“O Obicà é o primeiro mozzarella bar do mundo”, revela Hélder Moura, acrescentando que o restaurante se baseia em pratos para partilhar, feitos com ingredientes 100% italianos e certificados. O nome, Obicà, significa “aqui está” no dialeto napolitano, a experiência pretende ser uma vénia ao melhor que se come e produz junto ao mar mediterrânico. No futuro, os quatro sócios pretendem multiplicar o conceito noutras cidades do país. “Queremos abrir um restaurante por ano”, adianta o responsável.

O espaço

O número 10 da rua da Picaria, em plena baixa portuense, já foi uma loja de bicicletas, uma steakhouse e o Mini Bar do chef José Avillez, negócio encerrado em junho do ano passado devido aos impactos causados pelas pandemia. Hélder Moura adquiriu o espaço e decorou-o ao estilo da cadeia italiana.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Com dois pisos, uma esplanada em madeira e cerca de 80 lugares sentados, o Obicà divide-se entre o mozzarella bar, um corredor de espera, onde também se pode petiscar, e uma sala mais privada para grupos. No primeiro piso, a cozinha é aberta, a parede em ardósia dita algumas das especialidades e na decoração reinam as poltronas coloridas, ao candeeiros com plantas, as mesas em mármore, o chão preto e branco e os produtos consumidos na casa expostos em prateleiras para venda, é o caso do azeite, das massas e de alguns molhos.

Atente às prateleiras da sala principal com ingredientes italianos confecionados no restaurante e que pode levar para casa

No corredor há espaço para petiscar ou brindar enquanto se espera por um lugar à mesa e ao fundo das escadas mora uma pequena garrafeira com vinhos italianos. Dobrando a esquina, deparamo-nos com uma sala privada onde o ambiente e decoração são mais escuros e sofisticados. Por lá pode encontrar uma mesa comprida, ideal para jantares de grupos, cadeiras mais altas, para quem preferir apenas beber um copo, e aos fins de semana, este espaço tem direito a um Dj para animar as conversas.

A comida

Os ingredientes chegam de Génova, Pádua ou Florença à cozinha do Obicà no Porto pelo menos três vezes por semana, assim como a água San Pellegrino, as cervejas Moretti ou o espumante Prosecco. A mozzarella di bufala campana DOP, feita apenas com leite de búfala, é a estrela da carta e pode ser servida num tom doce e suave ou defumada, numa versão mais forte e robusta.

Para quem aprecia este queijo que dá nome à casa, há ainda ricota de búfala, bocconcini mozzarella de búfala, stracciatella pugliese e burrata pugliese, ambas produzidas com leite de vaca com origem em Puglia, no sul de Itália, sendo que a grand degustazione (33€) junta todas as sugestões de mozzarella, regadas com azeite de trufa negra, para partilhar.

Ainda nas entradas, há propostas bem típicas como o presunto de parma DOP (7€), breasola de vitela de valtelina (8.50€), javali curado (7,50€), croquetes de arroz com ragu e açafrão (5,50€), flor de curgete em tempura (6€), gaspacho (7,50€), salmão fumado com abacate (11,50€), mil folhas de atum braseado (10,50€) e focaccias com orégãos e flor de sal (5,50€) ou tomate e manjericão fresco (6,50€).

Todos os ingredientes chegam de Itália pelo menos três vezes por semana e dão vida a pizzas, pastas e saladas

No universo das pizzas, há oito sugestões diferentes, sendo que todas as massas são preparadas com farinha Petra del Molino Quaglia, moídas na pedra, e levadas lentamente durante pelo menos 48 horas. Depois deste processo, podem ser recheadas com presunto, salmão, tomate orgânico, alcachofra ou vegetais.

Os amantes de “pasta” podem contar diferentes composições de massa fresca, com ou sem recheio, entre o schiaffoni com tomate orgânico (11,50€), tortellini feschi (13€), lasanha (12.50€), trofie al pesto (12€), tagliolini de trufa negra (17€) ou linguine com camarão, tomate e tomilho (16€). Há ainda saladas compostas e pratos arrojados como o hambúrguer de burrata com bacon, rúcula, abacate, pimentão, mostarda com maçã e aipo (15,50€) ou o peito de frango com pimentas friggitelli assadas e batatas (14,50€).

O famoso tiramisú abre o leque de sobremesas, que podem ser servidas em formato grande ou pequeno, consoante o apetite, e nas quais se destacam também a torta caprese com gelado italiano, o semi-frio de pêssego com crumble de amêndoa ou o cannolo com creme de ricotta de búfala.

Todos os sábados e domingos, das 12h às 17h, o brunch inclui espumante Prosecco e pratos como ovos com salmão e espargos (20€) , fritata de espinafre e queijo (18€), panquecas de banana (15€), pizza de nutella com mascarpone de morangos (16€) ou salada de fruta (11€). Na carta de bebidas reina o vinho italiano, original de norte a sul do país, cervejas e cocktails elaborados, como o expresso Martini, a sangria de Prosecco ou o Aperol.

O que interessa saber

Mostrar Esconder

Nome: Obicà Mozzarella Bar, Pizza e Cucina
Abriu em: maio de 2020
Onde fica: Rua da Picaria, 10, Porto
O que é: um restaurante com pratos 100% italianos para partilhar
Quem manda: Hélder Moura, António Freitas, Filipe Herculano e Pedro Barros Vale
Quanto custa: preço médio de 30€/pessoa
Uma dica: experimentar a degustação de mozzarellas e reservar o fim de semana para um brunch à italiana, regado com espumante Prosecco
Contacto: 91 106 2121
Horário: Segunda a quinta, das 12h30 às 15h/19h30 às 21h30; sexta, das 12h30 às 15h/19h30 às 00h; sábado, das 13h às 00h e domingo, das 13h às 22h30
Links importantes: site, instagram, facebook

“Cuidado, está quente” é uma rubrica do Observador onde se dão a conhecer novos (e renovados) restaurantes.