Um homem de 31 anos, que contactava crianças através de jogos online, foi detido na Grande Lisboa pela Polícia Judiciária (PJ) pela prática crimes de abusos sexuais de crianças e pornografia de menores, envolvendo vítimas menores de 14 anos.

Em comunicado, a PJ explica que o suspeito atuava e interagia com menores pré-adolescentes em contexto de jogos online, “estabelecendo com eles uma relação de confiança e domínio”, e que se aproveitava da inexperiência dos menores para lhes solicitar a auto produção e envio de conteúdos.

A solicitação e determinação dos menores à auto produção e envio de conteúdos íntimos era acompanhada por instruções de eliminação de vestígios de comunicações, bem como pela transferência e alojamento desses conteúdos para plataforma encriptada”, refere a PJ.

A ação de combate à pornografia de menores na internet foi desenvolvida pela Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica — UNC3T e a detenção ocorreu na região da Grande Lisboa, em inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Cascais.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nesta ação foi igualmente apreendido material informático, que será sujeito a perícias para apurar a extensão da atividade e eventuais ligações criminosas.

O detido, que já tem antecedentes criminais, será agora presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação adequadas.