Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Trinta fardos de haxixe apreendidos com um peso total aproximado de 1.100 quilos. Foi o que a Polícia Judiciária (PJ) apreendeu numa embarcação portuguesa detetada a cerca de 90 quilómetros do Algarve. Lá dentro, estava também o seu tripulante, um homem de 35 anos, que acabou detido por fortes suspeitas da prática do crime de tráfico ilícito de estupefacientes.

A apreensão foi o resultado de operação levada a cabo em águas internacionais a sul de Portugal pela PJ, Força Aérea, Autoridade Marítima e Marinha, segundo detalha este órgão de investigação criminal num comunicado enviado este sábado.

Em estreita partilha de informação e conjugação de esforços entre as entidades envolvidas, foi idealizada e concretizada uma operação de abordagem marítima em águas internacionais, visando uma embarcação portuguesa que se movimentava a cerca de 50 milhas náuticas a sul de território continental“, lê-se no comunicado.

Depois de intercetada a embarcação, a PJ deteve o seu tripulante, um homem com 35 anos de idade, a tempo de “impedir que fossem projetados para água relevantes elementos de prova e o produto estupefaciente”. O suspeito vai agora ser presente a tribunal para aplicação das medidas da coação que terá de cumprir enquanto aguarda a investigação da PJ com vista a um potencial julgamento.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR