O surfista português Vasco Ribeiro falhou este sábado o apuramento para os Jogos Olímpicos Tóquio2020 ao ser eliminado na nona ronda de repescagem dos Jogos Mundiais de surf, a decorrer em El Salvador.

O português, tido como um dos favoritos do evento e candidato a juntar-se a Frederico Morais nos Jogos, acabou por claudicar num ‘heat’ muito renhido ante o peruano Miguel Tudela e o alemão Leon Glatzer, mesmo tendo somado uma pontuação de 13,53.

Tudela, com 14,30, e Glatzer, com 14,16, eliminaram o luso, que perdeu aqui a última oportunidade de qualificação para Tóquio2020, que Teresa Bonvalot e Yolanda Sequeira agarraram hoje, ao classificarem-se entre as sete melhores em prova.

Bonvalot e Sequeira foram, respetivamente, primeira (10,53) e segunda (9,63) classificadas num ‘heat’ do evento de qualificação, que as colocou frente a frente com a japonesa Mahina Maeda (8,70) e a francesa Pauline Ado (8,03).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Vivemos mais um dia histórico para o surf português com a qualificação da Teresa e da Yolanda. […] O dia acaba da pior maneira porque o Vasco Ribeiro foi impedido de prosseguir em prova. Fez o suficiente para passar, mas os juízes não o pontuaram como merecia”, declarou o selecionador, David Raimundo, citado em comunicado.

No domingo, as duas atletas vão disputar a final, e segundo o selecionador vão lutar por “duas medalhas” e querem “terminar a prova da melhor maneira possível”.