Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

António Costa perdeu três pontos percentuais na popularidade ao descer de 55% em abril para 52% em maio, mas os números não afetam as intenções de voto no PS, que continua a distanciar-se do PSD. Segundo a sondagem da Aximage para a TSF, DN e JN, se as eleições legislativas fossem hoje, o partido que está no Governo conseguiria 38,9%, mais 0,7 pontos percentuais do que há um mês.

O PSD continua em queda, está com 24% das intenções de voto, menos 2,1 pontos do que no mês passado, o que consolida ainda um fosso maior para o PS. A diferença está agora nos 14,9. Em terceiro lugar surge o Bloco de Esquerda com 8% das intenções de voto, também com uma queda relativamente ao mês anterior de 1,2. O Chega, que está agora com 7%, e também surge em queda, ao registar uma descida de 0,2 pontos percentuais.

A CDU mantém-se com 5,7%, a Iniciativa Liberal sobe nas intenções de voto para 5,2%, seguida pelo PAN e pelo CDS, ambos a subir no último mês, o primeiro está agora com 3,7% das intenções de voto e os democratas-cristãos com 1,4%. O Livre desce para os 0,3%.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR