Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Contra-Corrente é agora aberto à participação dos ouvintes da Rádio Observador, das 10h10 às 11h00. Para dar a sua opinião e falar em direto com José Manuel Fernandes, basta inscrever-se ligando para o 910024185. Pode ouvir o programa em direto clicando aqui.

Esta terça-feira queremos saber o que acha da situação na TAP. Ontem o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, manteve o essencial das críticas que fizera ao responsável pela Ryanair e referiu que não gosta de “deixar ofensas ao Estado português e ao Governo sem resposta”.

Pedro Nuno Santos responde a Ana Catarina Mendes e diz que seria “incapaz de criticar em público um camarada”

No mesmo momento, em resposta aos jornalistas, o ministro das Infraestruturas referiu que Portugal “não se pode dar ao luxo” de perder uma empresa como a TAP e ainda assumiu que o despedimento coletivo continua em cima da mesa,  é uma “realidade dura de um processo que tem como objetivo salvar a TAP”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Despedimento coletivo na TAP “é uma hipótese desde o início”, diz ministro das Infraestruturas

Afinal para onde vai tanto dinheiro investido na TAP? Participe no Contra-Corrente ligando para o 910024185. Pode ouvir a Rádio Observador em fm, em 93.7 ou 98.7 na Grande Lisboa; em 98.4 no Grande Porto e Minho; e em 88.1 no distrito de Aveiro. O programa ficará disponível em podcast aqui.