As previsões apontam para esta sexta-feira céu pouco nublado ou limpo e condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada nas regiões Norte, Centro e no Alto Alentejo durante a tarde, em especial em zonas montanhosas, podendo ser localmente fortes e de granizo. Mas apesar disso o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) não deixa de colocar oito concelhos de Faro e Braga em risco máximo de incêndios, onde as temperaturas máximas podem chegar aos 33 graus, tal como em Évora, Beja, Castelo Branco e Vila Real)

O IPMA prevê também vento fraco a moderado do quadrante norte, com condições favoráveis a rajadas fortes durante a tarde, soprando moderado de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Carvoeiro e de sudoeste na costa sul do Algarve durante a tarde.

Nas terras altas do Norte e Centro, o vento será moderado a forte de nordeste até ao fim da manhã e a partir do fim da tarde. Está ainda prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral oeste e pequena descida da temperatura máxima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (em Viana do Castelo) e os 18 (em Vila Real e Faro) e as máximas entre os 23 graus (em Aveiro) e os 33.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nos Açores o cenário é outro: as ilhas de São Miguel (grupo oriental dos Açores) e Faial e Terceira (grupo central dos Açores) estão em risco elevado de exposição à radiação UV. Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13h00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Oito concelhos dos distritos de Faro e Bragança em risco máximo de incêndio

Já em risco máximo de incêndio estão os concelhos de São Brás de Alportel e Tavira (Faro), Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Vinhais, Bragança, Vimioso e Miranda do Douro (Bragança).

O IPMA colocou também mais de 60 concelhos dos distritos de Vila Real, Bragança, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Beja e Faro risco muito elevado de incêndio.

Há também mais de 60 concelhos de vários distritos do continente em risco elevado. De acordo com o IPMA, o risco de incêndio vai manter-se elevado em algumas regiões de Portugal continental pelo menos até domingo.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo. Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.