O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, vai estar esta terça-feira em Paris para uma reunião ministerial entre os nove países europeus que integram a task force Takuba que opera no Mali, tendo em vista o aumento do contingente português nesta força militar.

A task force Takuba atua no Mali e é composta por forças francesas, assim como forças e meios de outros parceiros europeus como Estónia, República Checa, Suécia, Itália, Grécia, Portugal, Hungria e Roménia. Esta operação reúne cerca de 600 operacionais.

Portugal participa atualmente com dois militares em funções de Estado-Maior, oriundos da Marinha e do Exército, mas até ao final do ano vai reforçar a sua presença nesta operação com 20 militares portugueses de operações especiais, segundo fonte oficial do Ministério da Defesa.

A reunião em Paris vai decorrer na terça-feira à tarde no Hotel de Brienne, onde se situa o gabinete da ministra da Defesa francesa Florence Parly, no 7º bairro da capital francesa. Também o Presidente da República, Emmanuel Macron, vai marcar presença no final desta reunião.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Após o anúncio do desmantelamento progressivo da operação Barkhane na região, a França está a contar fortemente com a task force Takuba, que irá treinar unidades malianas em combate. João Gomes Cravinho disse no fim de 2020 que a presença de Portugal nesta operação se justifica pelo objetivo de “combater o terrorismo” na região.

Ainda na agenda do ministro em Paris está um encontro bilateral com a ministra Parly, assim como o tradicional desfile militar no 14 de julho que assinala o Dia da Bastilha e que este ano vai voltar a ser aberto ao público com passe sanitário.