O Tribunal de Loures decretou esta terça-feira, prisão preventiva a seis homens suspeitos de pertencerem a uma rede de tráfico de droga que operava nos concelhos de Sintra, Vila Franca de Xira e Lagos, disse à Lusa fonte da GNR.

Os seis homens tinham sido detidos na segunda-feira, juntamente com outros dois, que ficaram com Termo de Identidade e Residência, na sequência de uma operação da GNR designada por “Serra Vermelha”.

Os oito homens são suspeitos do crime de tráfico de droga, posse ilegal de arma e posse de arma proibida.

Durante a operação, que decorreu nos concelhos de Sintra e Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, e em Lagos, no distrito de Faro, os militares deram cumprimento a 16 mandados de busca, 11 domiciliárias e cinco em garagens, tendo culminado na detenção dos suspeitos e na apreensão de diverso material.

Segundo divulgou GNR, no âmbito desta operação foram apreendidos 30 quilos de haxixe, 287 doses de canábis, 46 doses de cocaína, dois pés de canábis, três viaturas, quatro armas de fogo, sete armas brancas, 118 munições, cinco balanças de precisão, 18 telemóveis e 2.110 euros em numerário.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A GNR adianta que a investigação por tráfico de droga decorria há cerca de 18 meses.

Esta operação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal do Comando Territorial de Faro, Unidade de Intervenção da GNR e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.