Consulte aqui o enunciado do exame de Biologia e Geologia para o qual estavam inscritos 42.055 alunos, a prova mais concorrida deste ano.

E aqui estão os critérios de correção dos exames.

À semelhança do ano passado, o Ministério da Educação decidiu que, em 2021, na sequência da pandemia de Covid-19, as provas nacionais não são obrigatórias para a conclusão do secundário, contando apenas as classificações internas, ou seja, as notas atribuídas pelos professores. Assim, só têm de ser feitos os exames necessários para candidatura ao ensino superior, provas que variam consoante o curso escolhido.

Em média cada aluno fará 1,63 provas nesta 1.ª fase, que decorre de 2 de julho a 16 de julho.

Com um total de 245.669 exames nacionais a serem realizados neste arranque da época de exames, a maioria dos alunos (81%) faz exames exclusivamente para ingressar no ensino superior. Há ainda cerca de 17.600 estudantes que vão fazer pelo menos uma prova para melhoria de nota.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR