A candidatura Juntos Somos Coimbra foi formalmente aprovada na quarta-feira pelo Tribunal Constitucional, anunciou esta quinta-feira esta coligação, que junta PSD, CDS-PP, Nós, Cidadãos!, PPM, Aliança, RiR e Volt.

Uma nota de imprensa enviada à agência Lusa, a coligação explica que o acórdão também aprova a designação “Juntos Somos Coimbra” e o símbolo, construído a partir dos símbolos dos sete partidos que integram coligação. “O Movimento Somos Coimbra, por limitação legal, não integra formalmente a coligação, surgindo os seus membros como independentes pelo Nós, Cidadãos!, mas a sua presença é bem visível logo na própria designação da coligação”, destaca o conjunto de partidos.

O candidato à Câmara de Coimbra pelo “Juntos Somos Coimbra” é José Manuel Silva, atual vereador e que há quatro anos surgiu na lista do movimento “Somos Coimbra”. À Câmara, concorrem ainda Manuel Machado, atual presidente e que procura o terceiro mandato consecutivo, assim como o também vereador Francisco Queirós (CDU), Jorge Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra) e Miguel Ângelo Marques (Chega). A Iniciativa Liberal anunciou a 27 de junho que também se apresentaria a sufrágio, em Coimbra.

Autárquicas. Municípios aplaudem data das eleições para PRR avançar o mais cedo possível

“Esta é a coligação que vai conduzir Coimbra ao caminho do desenvolvimento e da afirmação nacional e internacional. Os superiores interesses e necessidades de Coimbra congregaram a diversidade, o respeito e o entendimento de oito forças políticas que construíram a maior coligação que alguma vez se candidatou aos órgãos autárquicos do nosso concelho”, sublinha José Manuel Silva, antigo bastonário da Ordem dos Médicos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com José Manuel Silva, “Coimbra fica a saber que há uma força política, e só uma, unida, capaz, competente, que está preparada para melhorar o concelho e recolocar Coimbra no lugar que merece”. Nas últimas eleições, o PS conquistou cinco mandatos, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento Somos Coimbra alcançou dois e a CDU um.