Nove pessoas foram constituídas arguidas no âmbito de uma operação policial de combate à exploração ilícita de jogo levada a cabo no distrito de Leiria, anunciou esta quarta-feira a PSP.

Em comunicado, a PSP indica que desencadeou na terça-feira e nesta quarta-feira “uma operação policial de combate à exploração ilícita de jogo, na sequência de um processo-crime em investigação”.

“No decurso desta operação, nas localidades de Peniche, Serra D’el Rei, Nazaré e Escaravilheira, foram realizadas uma busca domiciliária e duas não domiciliárias, bem como fiscalizados oito estabelecimentos de restauração e bebidas, tendo sido apreendido diverso material relacionado com a prática do crime em investigação”, acrescenta a mesma nota.

A polícia apreendeu 1.398 euros em dinheiro, um telemóvel, oito máquinas de jogo analógicas e respetivos cartazes de premiação, quatro máquinas de jogo eletrónicas e “diverso material relacionado com a atividade criminosa destinado à preparação e manutenção da atividade ilícita”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Foram ainda constituídos arguidos três homens e seis mulheres, com idades compreendidas entre os 24 e os 58 anos de idade”, salienta a PSP de Leiria.

A operação contou também com a colaboração da GNR, que realizou buscas na sua área de responsabilidade, é referido no comunicado.