O Benfica oficializou este sábado a contratação de Roman Yaremchuk, avançado ucraniano de 25 anos que deu nas vistas no Euro 2020 ao serviço da sua seleção. Os encarnados comunicaram o negócio à CMVM, indicando que o jogador assina até 2026, tendo sido contratado aos belgas do Gent por 17 milhões de euros. Fica com uma cláusula de rescisão no valor de 100 milhões de euros.

Yaremchuk marcou dois golos na caminhada da Ucrânia no Euro 2020 e foi habitual aposta do treinador (e lenda) Andriy Shevchenko na frente de ataque. Com 1,91 metros, não é um clássico “pinheiro”, tendo demonstrado bons pormenores durante o Europeu. Na seleção, o agora avançado do Benfica tem números interessantes, com 10 golos em 29 jogos.

Segundo dados do Transfermarkt, o valor de mercado do ucraniano subiu efetivamente com o Euro 2020, de 15 para 17,5 milhões de euros

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Como muitos jogadores internacionais pela Ucrânia, Yaremchuk foi formado no Dínamo Kiev, dando o salto para o Gent da Bélgica em 2017/2018. Na equipa belga conseguiu, época a época, ir subindo o número de golos apontados: 9, 12, 17 e 23 na passada temporada.

A contratação de Roman Yaremchuk levanta algumas questões relativamente ao plantel do Benfica, que conta agora com um lote considerável de avançados, alguns deles que significaram investimentos algo avultados. Jorge Jesus tem agora ao seu dispor, para a mesma posição, além do novo avançado da Luz, Darwin Nunez, Rodrigo Pinho, Haris Seferovic, Carlos Vinícius, Gonçalo Ramos e Luca Waldschmidt. Concorrência para uma posição é sempre uma dor de cabeça agradável para qualquer treinador, mas será praticamente inevitável que saiam avançados da Luz em breve. Não esquecer, no entanto, que há a tentativa de chegar à Liga dos Campeões pelo meio e está por ver, mediante os resultados, o impacto de uma entrada, ou não, na liga milionária.

Leia aqui o comunicado à CMVM na íntegra:

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (“Benfica SAD”) informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que adquiriu os direitos desportivos e 75% dos direitos económicos do jogador Roman Yaremchuk pelo montante de € 17.000.000 (dezassete milhões de euros) ao KAA Gent. Mais se informa que foi celebrado um contrato de trabalho desportivo com o referido jogador que vigora até 30 de junho de 2026, o qual inclui uma cláusula de rescisão no valor de € 100.000.000 (cem milhões de euros)”.