318kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

Metade dos novos casos foram de pessoas com menos de 30 anos

É o sábado com menos novos casos desde 26 de junho, mas o dia com mais mortes desta semana. Dos 2.590 infetados, quase metade são pessoas com menos de 30 anos. Houve 17 óbitos.

Portugal lifts COVID-19 rules with three-stage plan
i

NurPhoto via Getty Images

NurPhoto via Getty Images

Quase metade dos novos casos registados nas últimas 24 horas trata-se de pessoas com menos de 30 anos, revela o relatório de situação relativo à Covid-19 publicado este sábado à tarde pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Só as crianças, adolescentes e jovens adultos até aos 29 anos perfazem 1.270 dos novos casos registados desde a última sexta-feira.

No total, foram 2.590 os novos infetados identificados nas últimas 24 horas. A maioria dos novos casos verificaram-se na faixa etária dos 20 aos 29 anos — foram 566 nas últimas 24 horas. Em conjunto com os 468 novos infetados com 10-19 anos e as 236 crianças até aos nove anos que testaram positivo, as crianças e jovens abaixo dos 30 anos perfazem quase metade dos novos casos registados desde sexta-feira: são 1.270 no total.

As faixas etárias mais avançadas são aquelas que menos casos registaram: 89 pessoas tinham pelo menos 80 anos; e outras 80 estavam na casa dos 70. Houve mais 150 casos no grupo dos 60-69 anos, mais 214 na faixa etária dos 50-59 anos, outros 395 na casa dos 40 anos e 395 na casa dos 30 anos.

Este é o sábado com menos novos casos desde 26 de junho, mas o dia com mais mortes desta semana. O número de pessoas internadas com Covid-19 decresceu para 895, menos 29 do que as contabilizadas na sexta-feira. Cento e noventa e cinco (195) das pessoas internadas estão em unidades de cuidados intensivos, uma redução de quatro hospitalizações em relação ao verificado na sexta-feira.

Dez das 17 vítimas mortais registadas nas últimas 24 horas foram registadas na região de Lisboa e Vale do Tejo. Quatro pessoas morreram na região Norte, duas no Algarve e uma na região Centro. Também 10 desses óbitos verificaram-se na faixa etária das pessoas com 80 anos ou mais, mas uma estava na casa dos 40 anos, outra tinha 50-59 anos, duas tinham 60-69 anos e duas estavam na faixa etária dos 70 aos 79 anos. Dez das vítimas mortais eram do sexo masculino e sete do sexo feminino.

O mapa da Direção-Geral da Saúde revela que 37% dos novos casos ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, uma percentagem semelhante à verificada também no Norte — foram 959 casos na região capital e 923 a Norte. A terceira região com mais casos é o Algarve, com mais 313 infetados (12%), seguindo-se o Centro com mais 255 casos (9,8%) e, por fim, o Alentejo, com mais 61 casos (2,4%).

A página está a demorar muito tempo.