Dos cerca de 212 mil jovens que há em Portugal com idade entre os 16 e os 17 anos 80 mil agendaram a vacinação logo no primeiro dia em que o autoagendamento para essa faixa esteve disponível. Os dados são da task force para a vacinação, disponibilizados ao jornal Inevitável.

A vacinação arranca já no fim de semana de 14 e 15 de agosto e acontecerá nos fins de semana seguintes. Isto numa altura em que a DGS recomenda a vacinação para os jovens entre os 12 e os 15 anos apenas nos casos de comorbilidades e que na Região Autónoma da Madeira já se vacina a partir dos 12 anos.

No primeiro dia de “open house” na Madeira, no sábado, foram vacinadas 1.200 crianças e jovens a partir dos 12 anos, um número que subiu aos dois milhares no segundo dia de vacinação para esta faixa segundo explicou Herberto Jesus, diretor regional de Saúde, ao Observador.

Miguel Albuquerque quer ter 20 mil crianças vacinadas até ao início do novo ano letivo e justificou a decisão afirmando que a região está a seguir as regras da Organização Mundial de Saúde (OMS), ainda que as indicações da DGS para Portugal continental não vão nesse sentido.

Jovens saudáveis entre os 12 e os 16 anos não vão ser vacinados (para já). Tudo o que precisa saber sobre adolescentes e vacinas

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As ARS deverão fazer o levantamento das crianças de risco entre os 12 e 15 anos que deverão ser vacinadas, com base nos registos dos centros de saúde e hospitais sendo que as crianças seguidas em unidades privadas devem ser sinalizadas pelos respetivos médicos assistentes. Segundo a task force não há ainda uma estimativa do universo de crianças que têm entre 12 e 15 anos e algua das comorbilidades indicadas pela DGS como fator de prioridade.