Obrigado por ser nosso assinante. Beneficie de uma navegação sem publicidade intrusiva.

O desportivo mais venerado da história da Nissan – não o mais emocionante ou rápido, pois esse estatuto cabe ao GT-R – continua a ser o Z, que surgiu no mercado a partir de 1969. Primeiro com o 240Z, a que se seguiram o 260Z e o 280Z, denominação que variava consoante a cilindrada do motor de seis cilindros em linha. Pois bem, o Z que tão boa conta de si deu nos ralis africanos dos anos 70 tem, finalmente, um substituto à altura, apesar de não estar previsto ser comercializado na Europa.

12 fotos

Denominado simplesmente Z, o novo desportivo da Nissan continua a cumprir o seu desígnio, que consiste em propor um modelo emocionante e eficaz, sem contudo recorrer a soluções que o encareçam excessivamente. Isto explica que seja vendido nos EUA por valores a partir de 40.000 dólares, o que equivale a 34.200€, consideravelmente mais em conta do que o rival da Toyota, o Supra 3.0, com chassi e mecânica herdados da BMW.

11 fotos

O novo Nissan Z exibe linhas atraentes e vincadamente rétro, com formas que fazem recordar o 240Z de 1969, ainda que com uma frente menos comprida. Com um chassi simples, o novo Z monta o 3.0 V6 Twin Turbo que a marca já utiliza no Infiniti Red Sport 400, que no Nissan Z pode surgir acoplado a uma caixa manual de seis velocidades para a frente, em alternativa a uma automática de nove relações. O V6 sobrealimentado do Z fornece 406 cv e 475 Nm, o que lhe permite debitar mais potência do que o rival nipónico Supra, o qual se fica pelos 340 cv na versão GR 3.0 Turbo.

5 fotos

Juntamente com a revelação internacional do novo Nissan Z, chegou igualmente o anúncio de que este não seria comercializado na Europa, região que está a braços com um limite de emissões de CO2/km, o que desaconselha a venda desta classe de veículos, com níveis de emissões muito elevados devido a motores “gulosos” e sem electrificação para lhes reduzir os consumos.

As vendas deverão iniciar-se nos EUA na Primavera de 2022, prevendo-se que antes disso comece a chegar aos clientes japoneses. Veja aqui a apresentação internacional do modelo (a partir do minuto 4.33):

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR