315kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

Máscara obrigatória ou não? Comunitária, cirúrgica ou outra? As diferenças nos países da Europa em mapa

Grande parte dos países europeus já não obriga ao uso de máscara no exterior, mas no interior e transportes continua a ser pedida e nem sempre é suficiente uma máscara comunitária ou cirúrgica.

Fringe Festival, Edimburgo, Agosto de 2021. Fotografia de Euan Cherry/Getty Images
i

Fringe Festival, Edimburgo, Agosto de 2021. Fotografia de Euan Cherry/Getty Images

Getty Images

Fringe Festival, Edimburgo, Agosto de 2021. Fotografia de Euan Cherry/Getty Images

Getty Images

As regras sobre o uso de máscaras variam, nos pormenores, de país para país na Europa, mas, em geral, é obrigatória (ou, pelo menos, recomendada) nos transportes públicos e espaços fechados e facultativa nos espaços exteriores quando é possível manter o distanciamento físico. Essa é também a regra em Portugal.

A Suécia tem medidas mais leves, apenas recomendando (sem obrigação) o uso de máscara nos transportes públicos na hora de ponta, mas a Alemanha e a República Checa são mais exigentes e entendem que uma máscara cirúrgica não é suficiente para ir ao supermercado ou viajar com outras pessoas, exigindo máscaras com maior capacidade de filtragem do ar.

Máscara deixa de ser obrigatória no exterior ao fim de quase um ano

França e Itália mantém a obrigatoriedade das máscaras no exterior nas regiões onde a pandemia apresenta uma evolução mais preocupante. A Bélgica, por sua vez, isenta do uso de máscara em alguns eventos mediante a apresentação do certificado Covid-19 (vacinação, teste negativo ou recuperação da doença).

Alguns países, como a Dinamarca ou os Países Baixos, permitem que os donos dos espaços imponham o uso de máscara ou a apresentação de certificado de vacinação ou diagnóstico, mesmo quando as medidas não são obrigatórias a nível nacional.

Dinamarca é o primeiro país na Europa a levantar todas as restrições

Nem todos os países ou situações são exigentes quanto ao tipo de máscara (como acontece na Alemanha), sendo permitido em muitos deles o uso de máscaras comunitárias (de tecido). As grandes exceções estão, sobretudo, nos hospitais e centros de saúde e nos aviões onde se exige, no mínimo, o uso de uma máscara cirúrgica.

As medidas podem variar de uma semana para a outra — por isso, nada como estar prevenido —, mas o Observador deixa-lhe alguma informação útil, basta escolher o país no mapa (em cima) ou no site da União Europeia Re-open EU.

A página está a demorar muito tempo.