Obrigado por ser nosso assinante. Não se esqueça de subscrever a nossa Newsletter exclusiva dos bastidores.

Pode parecer estranho a Bugatti, marca tão sofisticada quanto cara, associar-se a um fabricante de lâminas para a barba, tipicamente um dos produtos mais baratos do mercado. Mas a realidade é que a marca francesa de hiperdesportivos do Grupo Volkswagen e a Gillette assinaram um acordo assaz curioso. Nada que meta motores W16, quatro turbocompressores ou chassi em fibra de carbono, características do Chiron, mas algo que os potenciais clientes da Bugatti poderão igualmente apreciar, sobretudo se forem homens.

Tomando como base a máquina de barbear com lâminas aquecidas, conhecida como a Gillette Heated Razor, os dois fabricantes juntaram-se para tentar elevar a parada e tornar estas lâminas para a barba ainda mais eficientes, muito provavelmente, mas decididamente mais dispendiosas.

A primeira alteração tem a ver com a cor, argumento discutível em qualquer máquina para a barba. A Bugatti decidiu que a GilletteLabs-Bugatti Special Edition Heated Razor – a denominação é quase maior do que a o equipamento – deveria ser Agile Blue, o mesmo tom de azul que usa no Chiron Pur Sport.

A pega da máquina de cortar a barba também foi alvo da atenção dos especialistas das marcas envolvidas, passando a ser produzida numa liga de zinco considerado premium. São utilizados outros materiais de melhor qualidade – há que justificar o preço mais elevado –, pelo que, se quem está a fazer a barba for igualmente especialista em metais, poderá reparar que agora, lá pelo meio, é possível encontrar pequenas porções de alumínio anodizado e titânio, que permitem economizar uns gramas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O responsável pelo marketing da Bugatti afirmou que estão “deleitados em trabalhar com uma empresa especialista em cortar pelos”, avançando que “na Bugatti, perseguimos o pináculo do luxo e respeitamos o princípio que, se é comparável, já não é Bugatti”. Esta afirmação tem toda a razão de ser quando aplicada ao Chiron, que não tem rivais à altura do seu W16 com 8000 cm3, mas dificilmente fará sentido numa lâmina de barbear, em que a lâmina aquecida (sempre que se pressiona um botão) não parece ter sofrido alteração face ao equipamento que a Gillette já comercializava.

A lâmina aquecida está disponível entre nós por 200€, no Starter Kit, mas a Bugatti ainda não anunciou o preço de revenda para a sua “Gillette”, que apenas estará disponível em alguns mercados.