566kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Boletim DGS. Número de internado continua a descer ligeiramente

Este artigo tem mais de 1 ano

Foram registados cinco mortes e 667 novos infetados com Covid-19. Apesar de ter sido uma descida ligeira em relação a sábado, há menos quatro pessoas internadas em UCI.

epa09440315 A COVID-19 patient inside the intensive care unit (ICU) in the Clinic for Infectious Diseases, in Pristina, Kosovo, 01 September 2021. After a rapid increase in the number of newly infected with COVID-19, the Government adopted anti-COVID measures, postponed the beginning of the school year for primary and elementary grades by two weeks, ordered restaurants and bars to close after 09.30pm and imposed a curfew from 10.00pm to 5am. The Council of the European Union has removed the Kosovo, Montenegro and North Macedonia from its epidemiologically safe third countries list after a surge in the number of COVID-19 infections recorded recently in these territories.  EPA/VALDRIN XHEMAJ
i

O número de casos de infeção continua a baixar apesar do levantamento de algumas restrições

VALDRIN XHEMAJ/EPA

O número de casos de infeção continua a baixar apesar do levantamento de algumas restrições

VALDRIN XHEMAJ/EPA

Foram confirmados este domingo mais cinco mortes devido à Covid-19 e 677 novos casos em Portugal. É uma descida em relação a sábado, quando foram comunicados sete mortes e 939 novos casos. Além disso, regista-se uma descida em relação ao número de internamentos: há menos duas pessoas internadas e menos quatro em Unidades de cuidados intensivos (UCI).

Com estes novos números, há agora 33.973 casos ativos de pessoas com Covid-19. Desses, existem 86 que estão em cuidados intensivos. No sábado, estavam internadas 457 pessoas com Covid-19 nos hospitais portugueses, sendo que 90 estavam nos cuidados intensivos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Das cinco vítimas mortais registadas nas últimas 24 horas, três são da região de Lisboa e Vale do Tejo, uma é da região Norte e outro do Algarve. As vítimas mortais foram um homem e duas mulheres na faixa dos 70 aos 79 anos e um homem e uma mulher com mais de 80.

Quanto à faixa etária dos novos casos de infeção, é nas crianças entre os zero e os nove anos (rapazes e raparigas) que se registaram mais casos, com mais 103 infetados nas últimas 24 horas. As faixas entre os 10 e os 19 anos (71 novos casos) e os 20 e os 29 anos (98 novos casos) também apresentam números elevados em comparação com as outras faixas etárias.

Maior parte dos novos casos registados são de Lisboa e Vale do Tejo

Das 667 novas infeções registadas nas últimas 24 horas, a maior parte ocorreu na região de Lisboa e Vale do (228), o que faz subir para 410.937 o número total de casos da região desde o início da pandemia.

Logo atrás está a região Norte, com 221 novos casos, o Centro com 86 infeções, o Algarve com 68, o Alentejo com mais 34, os Açores, com mais 21, casos e a Madeira, com mais 19.

À data de hoje, como avança a DGS, houve um total de 570.850 mulheres com teste positivo à Covid-19 e 490.543 homens. A mesma entidade assume ainda que há 745 cujo o sexo é “desconhecido” por estes dados não serem “fornecidos de forma automática”, adianta a entidade.

O número de casos ativos subiu assim este domingo, para 33.973, (mais 21 em relação ao dia anterior). Há 30.438 contactos em vigilância, menos 554 em relação a sábado. 651 pessoas foram dadas como recuperados nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 1.010.168 recuperados.

De acordo com os dados da DGS, a Covid-19 já matou em Portugal um total de 9.392 homens e 8.515 mulheres, a grande maioria pessoas com mais de 80 anos.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.