Obrigado por ser nosso assinante. Usufrua de leitura ilimitada deste e de todos os artigos do Observador.

Foi o primeiro protesto durante a campanha para a eleições autárquicas que André Ventura enfrentou e acabou mesmo por precisar de escolta policial para abandonar o local. Aconteceu no domingo, em Elvas: vários manifestantes presentes no comício do Chega mostraram o seu desagrado com o discurso do líder, acusando-o de racismo. Ventura interrompeu a sua intervenção várias vezes para responder aos gritos de “racista”, noticiou a Sic Notícias.

A manifestação foi controlada por um contingente de agentes da polícia que ali estavam e, mais tarde, a Unidade Especial de Polícia dispersou o protesto e acompanhou o político até à saída da cidade.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR