O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou este sábado a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo (AENA).

Segundo a empresa, citada pela agência EFE, iniciaram-se já as tarefas de limpeza, podendo a navegação aérea ser retomada a qualquer momento.

A AENA [Aeroportos Espanhóis e Navegação Aérea] informou que os demais aeroportos das Ilhas Canárias estão operacionais, embora recomende aos viajantes que verifiquem com as suas companhias aéreas a situação de seus voos.

“A prioridade é garantir a segurança das operações”, disse o responsável do aeroporto de La Palma.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Entretanto, de acordo a informação avançada à EFE, a companhia aérea das Canárias Binter, que tinha suspendido na sexta-feira voos devido ao comportamento das nuvens de cinza, retomou os seus horários com a ilha de La Gomera e com os aeroportos de Tenerife Norte e Sul, mas mantém os voos de e para La Palma encerrados.

O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção no domingo depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região.

Dezenas de casas já foram destruídas pela lava do vulcão que continua a correr em direção ao mar, mas não há vítimas depois de as autoridades terem retirado mais de 6.000 pessoas da zona da erupção.