A companhia aérea Delta Airlines anunciou esta quarta-feira lucros de 1,03 mil milhões de euros (1,2 mil milhões de dólares) no terceiro trimestre, mas avisou que o aumento do preço dos combustíveis pode afetar resultados futuros.

Os lucros registados pela companhia entre julho e setembro ficaram, no entanto, 19% abaixo dos registados no mesmo período de 2019, antes do início da pandemia de Covid-19.

Estes resultados beneficiaram pela última vez das ajudas públicas concedidas às companhias aéreas norte-americanas devido à crise que afetou o setor desde março de 2020, quando se começaram a sentir os efeitos da pandemia.

Anteriormente a Delta Airlines tinha anunciado um lucro de 652 milhões de dólares (551 milhões de euros) entre abril e junho, o seu primeiro resultado positivo desde o início da crise.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No entanto, a companhia aérea advertiu que o aumento dos preços dos combustíveis desafiará sua capacidade de se manter lucrativa e previu custos de mão-de-obra mais altos também.

A empresa disse ainda que a procura de viagens está a melhorar, depois de ter estagnado durante o verão, quando aumentaram os casos de Covid-19 nos Estados Unidos.

No terceiro trimestre, a companhia aérea operou a 71% da capacidade de transporte de passageiros que tinha em 2019 e espera aumentar para 80% no quarto trimestre.