Um cidadão brasileiro que embarcaria para Lisboa a partir do Aeroporto Internacional de São Paulo foi esta sexta-feira hospitalizado após ingestão de cápsulas contendo cocaína, informou a Polícia Federal (PF) do Brasil, que decretou a detenção do viajante.

Em comunicado, a PF indicou que um passageiro de nacionalidade brasileira deu entrada no Hospital Geral de Guarulhos, em São Paulo, com convulsões e que os exames médicos revelaram diversas cápsulas com cocaína no aparelho digestivo do paciente.

Ainda segundo a corporação, o passageiro, que viajaria para Portugal, será imediatamente detido quando os estupefacientes forem retirados do seu organismo.

“De posse das informações acerca da identidade do paciente, verificou-se, por meio do sistema, que ele embarcaria para Lisboa, em Portugal. Por esse motivo foi representada em desfavor do paciente a decretação de prisão temporária por tráfico internacional de drogas, até que seja expelida ao menos uma cápsula contendo a substância ilícita”, explicou a PF.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O cidadão brasileiro será apresentado à Justiça Federal, onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Apesar de não ter produção própria de cocaína, o Brasil é um dos principais pontos de passagem da droga proveniente de outros países da América Latina, com destino à Europa, e Portugal tem-se tornado numa das portas de passagem de estupefacientes para o continente europeu.