Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Squid Game tornou-se rapidamente num fenómeno mundial, sendo a série estreante mais vista da Netflix, com 111 milhões de visualizações no primeiro mês. As redes sociais não ficaram indiferentes à produção sul-coreana e alguns utilizadores dedicaram-se a encontrar erros nas filmagens.

“Squid Game”. De onde vem o sucesso da série sul-coreana que está a conquistar o mundo?

Foi o caso da utilizadora do TikTok, @liryonni, que compilou uma série de erros num vídeo que se tornou viral na mesma rede social, tendo atingido mais de 10 milhões reproduções.

@liryonni

ERRORES “el JUEGO del CALAMAR” ???? #ElJuegoDelCalamar #SquidGame #Kdrama #Netflix #오징어게임

♬ sonido original – liryonni

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Entre as falhas estão o número associado aos participantes — com discrepâncias entre o que aparece nas roupas e no ecrã do “apresentador” do jogo — e a mulher com número 61 aparece no ecrã como sendo um homem. Curioso é também o indivíduo que trabalha numa fábrica de vidro desde 1897; o momento em que um dos atores leva a boca uma colher vazia durante uma refeição ou os documentos secretos sinalizados como “Top Scrert” (que significa “altamente secreto”, mas com um erro ortográfico).

@liryonni também se diverte com os erros de “raccord”, ou seja, os elementos que asseguram uma continuidade visual ou lógica de cena para cena ou que, neste caso, não asseguram. É o caso do símbolo do guarda-chuva, que de repente muda de forma, e também do telemóvel Samsung, que “se transforma” num modelo diferente de uma cena para outra.

Outro dos erros que os fãs da série reportam é a tradução do coreano para inglês, que aparentemente faz a série perder alguma essência para quem não entende a linguagem original, como uma utilizadora do Twitter faz notar.

“Não querendo soar pretensiosa, mas eu falo coreano fluentemente e vi Squid Game com legendas em inglês. Se não entendes coreano, na realidade não viste a mesma série. A tradução é muito má. O diálogo estava bem escrito e não se conservou nada”, explicou num tweet que acabou por ser bastante partilhado.

Até há pouco tempo, “Bridgerton” era a série mais vista da Netflix com 82 milhões de visualizações na Netflix. “Squid Game” superou largamente este número em poucas semanas.