Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Há automóveis com espaço para famílias inteiras e respectivas bagagens, enquanto outros oferecem lugar para apenas dois ocupantes. E, em termos estéticos, se há modelos que atraem praticamente todos, outros há que agradam só a alguns, por serem mais ousados ou agressivos. Mas depois há este Dragula Munsters Coffin Dragster, que deverá arrepiar a maioria por ser, essencial e literalmente, um caixão com rodas.

Conceber um automóvel a partir de um caixão pode parecer uma ideia estranha, mas tem a sua razão de ser para os fãs da série televisiva The Munsters, que esteve no ar entre 1964 e 1966. Nela, o carro do avô era denominado Dragula e foi construído em cima da plataforma de um Ford Model T. A sua carroçaria era, na essência, um caixão.

Pois bem, o caixão com rodas que tão bem serviu o avozinho da série dos anos 60 prepara-se para ir a leilão. O modelo foi construído como se tratasse de um Hot Rod, modelos potentes e rápidos, apesar de parecerem saídos de um filme dos Flinstones, que recorrem a um chassi fabricado entre 1910 e 1930. O Coffin Dragster alia o chassi de um Ford Model T a um motor V8 de um Ford Mustang com 350 cv.

O trabalho de adaptação foi realizado por um reputado transformador de Hollywood, George Harris, que tratou que tudo corresse sobre rodas. Inclusivamente o caixão que, segundo a lei da época, só podia ser vendido a quem possuísse um certificado de óbito. Com base no caixão, foi concebida uma “carroçaria” em fibra de vidro que seria utilizada no Dragula Munsters Coffin Dragster, o carro do Grandpa Munster, de que apenas foram construídas cinco unidades.

Com apenas lugar para um, na traseira do caixão, uma campânula transparente para proteger o condutor do vento e um curioso volante, o Dragula está homologado para circular na via pública nos EUA, mas dificilmente poderá pisar estradas europeias. A unidade que vai a leilão, em Janeiro de 2022 na Florida, é a última que foi produzida. As restantes encontram-se em museus ou em colecções de fãs de filmes de vampiros. Dragula é também a música de Rob Zombie que dava suporte à série de TV.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR