Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Após a prova final do júri, ao início da tarde desta segunda-feira, a Padaria da Né, na Damaia, foi considerada a vencedora do “Melhor Pastel de Nata 2021”. O concurso aconteceu no âmbito do Congresso Nacional dos Cozinheiros, evento que ocupou os Nirvana Studios, em Oeiras, nos últimos dois dias.

Os 12 finalistas previamente apurados

Mostrar Esconder

– Altis Belém Hotel & Spa, Lisboa;
– Cantinho da Nata, Queijas;
– Casa do Preto, Sintra;
– Nilo Pastelaria, Lisboa;
– Padaria da Né, Damaia;
– Pastelaria Aloma, Lisboa;
– Pastelaria Casa do Padeiro, Odivelas;
– Pastelaria Fim de Século, Lisboa;
– Pastelaria Nata Morango, Lisboa;
– Pastelaria Pattyanne, Castanheira do Ribatejo;
– Pastelaria Santo António, Lisboa;
– Pastelaria Viriato, Ramada.

A Padaria da Né, negócio familiar de Noémia Rainho, derrotou os restantes 11 finalistas previamente apurados e o top 3 fica completo com a Pastelaria Aloma, que surge em segundo lugar (uma veterana nestas andanças), e a Pastelaria Pattyanne, em Castanheira do Ribatejo. Tanto a pré-seleção como a final do concurso foram realizadas em prova cega, com os membros do júri — Virgílio Nogueiro Gomes, Teresa Vivas, Domingos Soares Franco, Duarte Lebre de Freitas, Carlos Fernandes, Andreia Moutinho, Isabel Zibaia Rafael, Maria Urmal e Mário Rolando — a avaliar os pastéis consoante o seu aspeto, toque da massa, sabor e consistência da massa, recheio e sabor global.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Pessoas, Natureza e Gastronomia”. Não é um novo partido, é o regresso do Congresso Nacional dos Cozinheiros

“Alegremente, todos os jurados se confessam satisfeitos pela qualidade apresentada pelos estabelecimentos participantes. Apesar do concurso apenas premiar os três melhores classificados, todos os finalistas apresentaram pastéis de nata de excelência”, notou Vírgilio Gomes, que preside o júri.

O concurso destinado a apurar “o melhor pastel de nata da área metropolitana de Lisboa” aconteceu pela primeira vez sob o chapéu do Congresso Nacional dos Cozinheiros, com as edições anteriores a estarem associadas ao evento gastronómico Peixe em Lisboa, cuja última edição data de 2019. A organização do congresso assegura ao Observador que a ideia é que o concurso dedicado ao bolo de massa folhada preenchida com recheio à base de natas e ovos seja de índole regional ou até nacional.

Além da fábrica e loja sede na Damaia, existem mais dois espaços da Padaria da Né: na Reboleira e outra em Odivelas.