O preço dos pacotes de comunicações, utilizados pela maioria das famílias, desceu 0,3%, nos últimos 12 meses, em Portugal, e subiu 0,3% ao nível da Europa, apontou a Associação dos Operadores de Comunicações Eletrónicas (Apritel).

“Os preços nos pacotes de comunicações, usados por 89,4% das famílias portuguesas, baixaram, nos últimos 12 meses, 0,3%, enquanto na EU27 [27 Estados-membros da União Europeia] subiram 0,3%”, apontou, em comunicado, a Apritel, considerando dados do Eurostat e da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).

Em 2020, os serviços de comunicações em pacote eram subscritos por cada 89 em 100 famílias, segundo dados da Anacom.

Nos últimos 12 meses, em média, o índice de preços dos serviços de comunicações eletrónicas recuou 0,1%, enquanto nos restantes países europeus estagnou.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já no que concerne aos serviços de internet fixa, os preços cederam 3,2% em Portugal, posicionando-se o país em sétimo lugar entre os Estados com maiores descidas.

Na União Europeia, estes preços subiram 0,3%.