O presidente do Conselho de Ilha de São Jorge identificou como prioridades a apresentar ao Governo dos Açores o transporte aéreo, reivindicando mais ligações semanais com Ponta Delgada, e marítimo, pois não existe um barco sedeado nas Velas.

Em declarações à agência Lusa, Rogério Veiros afirma que a ilha de São Jorge está “extremamente preocupada” com a atual situação dos transportes porque “foram feitas promessas que não estão cumpridas”, havendo apenas duas ligações aéreas semanais entre Velas e Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, a “principal porta de entrada do turismo dos Açores durante o período de inverno”.

O responsável considera que, na Ilha de São Jorge, onde o Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) inicia na quarta-feira uma visita estatutária, “existem menos serviços aéreos do que, por exemplo, na Graciosa, que tem menos população e mercado”.

Rogério Veiros refere que, no capítulo das obrigações de serviço público de transporte marítimo de passageiros, se “continua sem um barco sedeado nas Velas”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Essas foram promessas eleitorais que São Jorge quer ver cumpridas”, disse, notando que há “menos ligações entre São Jorge e Pico durante o período de inverno”.

O Conselho de Ilha de São Jorge quer também ver concluídas as obras no Centro de Saúde das Velas, onde as “obras ainda não começaram e estão envoltas em várias infelicidades”, ligadas à “falência do empreiteiro que estava a executar a obra, tendo sido lançado novo concurso público”.

A população pretende ainda ver resolvida a questão da “falta de médicos” na ilha.

No âmbito da visita estatutária a São Jorge, ao abrigo do Estatuto Político-Administrativo dos Açores, que determina que o Governo Regional deve visitar pelo menos uma vez por ano as seis ilhas sem departamentos governamentais, o executivo de José Manuel Bolieiro vai, na quarta-feira, reunir-se com o presidente e vereação da Câmara Municipal de Velas, bem como com os deputados regionais eleitos por São Jorge.

Está prevista a assinatura do contrato do novo Centro de Saúde de Velas, uma visita à Estrada Regional da Transversal Urzelina/Santo António, outra à Estrada do POA Rosais, Cabo da Ponta/Sete Fontes/Farol, bem como às muralhas do Forte de Santa Cruz no Porto de Velas.

O executivo vai também reunir-se, na quarta-feira, com os presidentes de junta de Velas: Manadas, Norte Grande, Rosais, Santo Amaro, Urzelina e Velas.

Está também programada a reunião do Conselho de Ilha de São Jorge.

Desde a fase mais aguda da pandemia da covid-19, esta vai ser a segunda ilha a ser visitada oficialmente pelo Governo dos Açores, depois da ilha Graciosa, onde o executivo está desde segunda-feira.

Estas foram as primeiras visitas oficiais do novo executivo açoriano do PSD-CDS-PPM, eleito em outubro de 2020.