377kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Morreu Hank von Helvete, ex-vocalista dos Turbonegro

Hans-Erik Dyvik Husby, conhecido como Hank von Helvete, foi vocalista da banda de rock norueguesa até 2009. A morte foi confirmada pela família e depois comunicada pelo grupo. Hank tinha 49 anos.

Photo of Hank VON HELVETE and TURBONEGRO
i

Hank von Helvete juntou-se aos Turbonegro em 1993, para substituir o antigo vocalista e membro fundador Harald Fossberg

Redferns

Hank von Helvete juntou-se aos Turbonegro em 1993, para substituir o antigo vocalista e membro fundador Harald Fossberg

Redferns

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O ex-vocalista dos Turbonegro Hans-Erik Dyvik Husby, conhecido como Hank von Helvete, morreu esta sexta-feira, aos 49 anos. A notícia foi confirmada pela família ao jornal norueguês Tvedestrandsposten e depois comunicada pelo grupo através das redes sociais, sem que fossem adiantados pormenores.

“É com imensa tristeza que recebemos a notícia trágica da morte de Hans-Erik ‘Hertis’ Dyvik Husby . Estamos agradecidos pelos tempos, momentos e magia que partilhámos com o Hans-Erik nos Turbonegro durante os anos de 1993 e 2009”, declarou este sábado a banda no Facebook. “Estamos orgulhosos do que criámos em conjunto enquanto irmãos do rock nos Turbonegro — a música, as personagens, todo o universo.”

Hank von Helvete entrou para os Turbonegro quatro anos após a formação da banda de rock de Nesodden, na Noruega, para substituir o antigo vocalista e membro fundador Harald Fossberg. “Frontman carismático, que canalizava ao mesmo tempo humor e vulnerabilidade, Hans-Erik foi crucial para o apelo da banda”, defendeu o grupo, que descreveu o ex-membro como “um humano com um grande coração” e uma pessoa espiritual e intelectual, “que adorava conversar com qualquer pessoa”.

Von Helvete deixou a banda em 2009, sete anos após um hiato forçado devido aos problemas de longa data do vocalista com depressão e drogas, que o obrigaram a entrar para uma clínica de reabilitação no final dos anos 90, um ano após os Turbonegro terem lançado aquele que é considerado o seu álbum de maior sucesso, Apocalypse Dudes (1997).

[“All My Friends Are Dead”, um dos temas mais conhecidos dos Turbonegro, do álbum Party Animals (2005):]

Em 2010, von Helvete lançou-se numa carreira a solo, impulsionada pelo sucesso internacional que os Turbonegro tinham acumulado nos últimos anos, sobretudo a partir do lançamento de Scandinavian Leather (2003), o primeiro álbum depois da paragem. Em 2011, lançou I Declare: Treason, com os Doctor Midnight & The Mercy Cult, super-grupo composto por membros de várias banda de metal da Noruega. Em 2018, lançou o primeiro álbum a solo, Egomania, seguindo de Dead, em 2020.

“Hank von Helvete permanece uma figura icónica na história do rock norueguês e da cultural popular, que também deixou uma marca na comunidade internacional do rock ‘n’ roll”, consideraram os Turbonegro.

[“Blackened Eyes”, do projeto a solo de Hank von Hell:]

A página está a demorar muito tempo.